Consultoria Fiscal-Tributária

Dúvidas e novidades sobre a área fiscal é aqui.

#Contabilidade: 8 Passos para uma contabilidade eficiente

Posted by Robson de Azevedo em 16 de dezembro de 2010

* Por MOORE STEPHENS

contabilidade_eficiente-300x251 Todos nós sabemos que a administração de uma empresa não é uma tarefa simples, requer diversos cuidados. Mesmo quando as empresas são de pequeno porte, alguns fatores são primordiais para o seu andamento e osetor contábil é com certeza o que mais se destaca, pois acaba influenciando direta ou indiretamente todos os outros. Confira algumas dicas para desenvolver uma contabilidade eficiente:

1. Certificar-se da especialidade do profissional:

Ao contratar um contador ou uma empresa para desenvolver o trabalho é importante saber os tipos de clientes para os quais já foram prestados os serviços, se pertenciam ao mesmo ramo de atuação, o porte, a demanda de trabalho, entre outros fatores importantes. Contratando um profissional que seja familiarizado com o seu ramo e com outras características da sua empresa, a chance de ter problemas é menor.

2. Procure alguém de confiança:

É importante lembrar que o contador terá acesso a todas as informações fiscais e financeiras da sua empresa, por isso é preciso ser muito criterioso na escolha. Buscar indicações de pessoas de confiança e checar referências são boas alternativas para não correr nenhum risco. Mesmo com todo cuidado na contratação, risco sempre há;

3. Disponibilidade:

Quando você não contrata um profissional exclusivamente para sua empresa, é comum que ele preste serviços também para outras organizações. Fique atento para garantir que você seja atendido prontamente sempre que necessário, afinal de contas, administrar significalidar com prazos e qualquer atraso pode gerar multas e outros tipos de transtornos;

4. Fique atento aos valores:

É importante saber que nem sempre gastar menos é sinônimo de vantagem.  Tenha conhecimento da média de valores deste tipo de serviço no mercado e desconfie de profissionais que cobram muito abaixo da média;

5. Faça um levantamento das principais informações:

Veja se o contador ou a empresa especializada possui registro, procure extrair certidões de idoneidade, enfim, checar todo o seu histórico;

6. Acompanhe o trabalho:

É aconselhável que pelo menos a cada seis meses, seja feito um check-listpara saber se as obrigações tributárias estão em dia, se todas as documentações estão em ordem e como anda o balanço patrimonial da sua empresa (seus lucros e gastos);

7. Mantenha tudo arquivado:

É importante sempre guardar todos os tipos de documentos emitidos pela empresa; balanços, declarações jurídicas, notas, entre outros. Ter estas informações arquivadas é um modo de evitar irregularidades e uma forma de se proteger contra equívocos e fraudes;

8. Não se isente das responsabilidades:

É importante que o proprietário da empresa sempre acompanhe de perto todos os procedimentos. Responsabilizar-se pelo pagamento de seus impostos assim como manter a manutenção deles é o tipo de tarefa que um líder não deve se isentar, ninguém é mais indicado para tomar conta do seu negócio do que você mesmo.

Fonte: Moore Stephens Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: